Açores

São Miguel | Terceira | Faial | Pico | São Jorge | Flores | Santa Maria

7 destinos em Açores

São Miguel

Verão VER PACOTES

Terceira

Lua de Mel VER PACOTES

Faial

Fly & Drive VER PACOTES

Pico

Partida de Lisboa VER PACOTES

São Jorge

Açores VER PACOTES

Flores

Partida de Lisboa VER PACOTES

Santa Maria

Partida do Porto VER PACOTES

Sabe mais sobre Açores

Ficha informativa

Documentação necessária:

Razões para fazer a mala

1. Desfrutar de tranquilidade: Os Açores são o refúgio que lhe permite desfrutar de uma total tranquilidade. Nove pequenos oásis para quem aprecia dias de puro descanso ao ar livre, onde o silêncio é acompanhado com o bater das ondas e o chilrear das inúmeras aves que habitam todo o arquipélago e o ar conserva a sua pureza.


2. Observar baleias: "É entre os insulares que são contratados os melhores baleeiros", escreveu Herman Melville, no seu livro Moby Dick. Os baleeiros do passado deram lugar aos guias que saem para o mar para dar a conhecer os cetáceos em vias de extinção.

3. Vida marítima: Os Açores oferecem um dos melhores habitats para a vida marítima. Um fantástico aquário natural onde pode não só observar uma variedade de espécies abundantes nesta área, como os ouriços-do-mar, polvos e estrelas-do-mar, mas também maravilhar-se com outros habitantes como o tubarão-martelo, a Jamanta e as Tartarugas Marítimas.

4. Compras: BORDADOS: Reconhecidos pela sua beleza e perfeição, os bordados dos Açores ilustram as características e especificidades culturais e artísticas do povo açoriano. Feitos de linho, algodão ou cambraia, são 100% naturais com a máxima qualidade e para uma maior durabilidade.

A não perder

Ilha São Miguel: A Lagoa das Furnas é um dos locais incontornáveis do arquipélago, e apresenta paisagens de uma beleza natural e de grande paz de espírito. É nas suas margens que é confecionado uma das mais conhecidas iguarias - o cozido das Furnas, que se assume como um elemento da sua cultura. Existe ainda as plantações de chá, que parecem não ter nada a mostrar ao seu visitante, mas valerá certamente render-lhe uma pequena homenagem e compensá-la com uma visita, temos a certeza que não se irá arrepender.

Ilha Terceira: Piscina dos Biscoitos. Estas piscinas naturais situam-se na costa nordeste da maravilhosa Ilha Terceira, e são a estância balnear mais procurada de toda a ilha. Formadas por rochas de cor escura que contrastam com o azul limpo do Oceano, são o cenário ideal para uns dias de descanso e de contemplação da natureza.

Ilha do Faial: Marina da Horta. Um dos locais mais emblemáticos do Faial é ponto de paragem obrigatória de marinheiros que vêm dos quatro cantos do mundo. Com uma história quase tão rica como a da própria ilha, é nos seus muros que esta se conta, pois é aqui que muitos marinheiros tem vindo a deixar a sua marca. Seja um simples  rabisco ou trabalhos em graffiti, são inúmeras as assinaturas que aqui se encontram.

Sobre a região


  Os Açores, devido à sua localização estratégica em pleno Oceano Atlântico, têm características naturais únicas no mundo.

    Aqui, a natureza funde-se com a paisagem, criando tons únicos. Talvez por isso São Miguel seja conhecida como a ilha Verde, a Terceira como a ilha Lilás e o Faial como a ilha Azul. Mas existe muito mais para conhecer: quem parte à descoberta não pode deixar de visitar o Corvo, as Flores, a Graciosa, o Pico, Santa Maria e São Jorge, que completam o arquipélago. 
    Cada ilha tem características singulares e uma paisagem verdejante que se estende pelas montanhas vulcânicas até se encontrar com o mar azul. Por aqui, a natureza influencia profundamente a gastronomia, mas só quando partimos à descoberta é que conseguimos entender que existe muito para descobrir: as plantações de chá, as estufas de ananás e os pastos a perder de vista, onde se passeiam tranquilamente as vacas, e de onde se obtêm os melhores laticínios do mundo. 
    A culinária dos Açores é naturalmente influenciada pela pesca, mas os doces regionais são uma experiência que não se deve falhar, e claro, o cozido, único, preparado lentamente dentro de grandes caldeirões, em buracos fumegantes nas Furnas, São Miguel.
    Recomenda-se ainda as praias quentes de Santa Maria e o Património Histórico Mundial de Angra do Heroísmo, bem como as suas festas religiosas, a mais famosa das quais é a do Santo Cristo. E depois, ainda existem as cores frescas das hortênsias, que se espalham pelas ilhas, a paisagem quase lunar do Vulcão dos Capelinhos e o Pico, onde se ergue a montanha mais alta de Portugal.
    Na Ilha das Flores, florescem belas cascatas naturais entre a paisagem enquanto a ampla caldeira da pequena Ilha do Corvo se afirma perante os visitantes. E, como se todos estes argumentos não fossem suficientes, não podemos deixar de considerar que estas ilhas são um refúgio para desfrutar de total tranquilidade, um lugar especial, onde a natureza se enamora do bater das ondas e do chilrear dos pássaros.




   


Newsletter

Obtem as melhores ofertas no teu e-mail