Colômbia

Américas

4 ofertas em Colômbia

Sabe mais sobre Colômbia

Ficha informativa
Documentação necessária
- Passageiros de nacionalidade portuguesa não necessitam de vistos, necessitam apenas de passaporte eletrónico com validade mínima de 6 meses a contar da data do regresso. 
- Os passageiros de nacionalidade estrangeira favor verificar os requisitos para entrada no país junto da respetiva embaixada.

AVISO: 
A) As taxas de aeroporto e de combustível estão sujeitas a alterações até à data da partida.
B) Os quartos indicados como triplos são duplos com cama extra.
C) A hora de saída dos quartos no último dia terá que ser efetuada até às 12 horas.
D) O envio de documentações poderá estar sujeito à regulação prévia de saldos ou débitos existente.
E) A inserção dos dados de passaporte é da responsabilidade da agência de viagens, declinando a Solférias qualquer responsabilidade pelos dados inseridos.
F) Para viajar a certas regiões do país é obrigatório ter sido vacinado contra a febre-amarela pelo menos 15 dias antes. Para regiões de selva ou parques naturais, recomenda-se, além da vacina contra a febre-amarela, contar com a vacina antitetânica.

Consulte e/ou imprima:
Condições do Seguro de Viagem
Condições gerais de venda e Ficha Informativa Normalizada

Sobre o destino

 

  A Colômbia é um país muito diverso, com um riquíssimo património cultural, fruto das múltiplas influências indígenas, colonos espanhóis e africanos que foram levados como escravos.

    Antes de iniciar a viagem deverá ter em conta que a diferença horária juntamente com a altitude de Bogotá (fica a 2600 metros) pode provocar alguma indisposição, que passa ao fim de um ou dois dias. A temperatura média ronda os 16ºC, tendo pouca variação térmica ao longo do ano.
    Vale a pena conhecer La Candelaria, no centro de Bogotá, a cidade murada, e as praias de Cartagena.
    Em Bogotá, tem de visitar o Museu do Ouro, que possuiu uma das maiores coleções de objetos pré-hispânicos do mundo. Outro museu a não perder é o Museu Botero, onde estão expostas 208 obras do famoso artista colombiano, Fernando Botero, que retrata as formas humanas com um volume exagerado, daí serem conhecidas como as "gorditas". Daqui ao centro histórico e boémio, La Candelaria, é um instante.
    Não deixe de passear nas ruas e de apreciar as casas com as suas janelas coloniais de madeira, as cores fortes e a arte urbana dos graffitis, conjugada com a história das paredes antigas.
    Vale a pena perder-se a pé pelas ruelas, visitando pequenos cafés, lojas de souvenirs ou comprando artesanato na rua.
    A pouco mais de uma hora de avião chega a Cartagena das Índias onde o clima é quente todo o ano. Declarada Património Histórico pela Unesco, em 1984, a cidade histórica é composta por duas partes, Bocagrande, parte moderna a fazer lembrar Miami, e a cidade velha, que mantém viva todas as tradições. A pé ou de charrete, descubra a cidade velha que vibra de vida, plena de restaurantes, espaços comerciais, gelatarias e esplanadas.
    Não deixe de visitar o paradisíaco arquipélago das Ilhas do Rosário, mergulhando nas águas cristalinas do Mar do Caribe ou de ficar alojado numa das inúmeras ilhas que oferecem opções onde se sentirá em comunhão com a natureza.
    A região do Eixo Cafeeiro da Colômbia é uma zona rural onde o visitante se sente em comunhão com a natureza. Aqui são produzidos dos melhores cafés do mundo e é tão importante que foi declarada Património Cultural da Humanidade pela Unesco. Fica localizada na parte central ocidental dos Andes colombianos e é composta por três estados: Caldas, Risaralda e Quindío. As principais cidades do eixo são as suas capitais: Manizales, Pereira e Armenia.
    Aliás, por aqui, a grande variedade da geografia, aliada ao contato com a natureza, deram origem ao surgimento do ecoturismo, concentrado, muitos deles, em parques nacionais.
    Não pode partir sem conhecer a Catedral de Sal. A cerca de 50km de Bogotá, no interior de uma antiga mina de sal, fica a Catedral subterrânea de Zipaquirá, que deslumbra pela sua grandiosidade e beleza.
    A culinária colombiana tem forte presença de vários tubérculos, milho, mandioca e abacate. Os pratos típicos são normalmente bem temperados, sendo a bebida mais comum o café.

A partir de abril 2017 - e no seguimento de alerta emitido pela Organização Mundial da Saúde e pela Organização Pan-americana da Saúde face à circulação do vírus nos continentes americano e africano - passou a ser exigida a vacina da febre-amarela para deslocações a algumas regiões do país. Assim, viajantes nacionais e internacionais terão que apresentar o certificado de vacinação contra a febre-amarela caso se desloquem a uma das zonas indicadas infra (ver informação abaixo: cuidados de saúde).
Mais informação disponível em:  www.minsalud.gov.co/saludalviajero.



  

Newsletter

Obtem as melhores ofertas no teu e-mail