Faial

Açores

11 ofertas em Faial

Sabe mais sobre Faial

Ficha informativa
Documentação necessária:
- BI ou Cartão de Cidadão


AVISO: 

A) As taxas de aeroporto e de combustível estão sujeitas a alterações até à data da partida.
B) Os quartos indicados como triplos são duplos com cama extra.
C) A hora de saída dos quartos no último dia terá que ser efetuada até às 12 horas. 
D) Preços indicativos sujeitos a alteração mediante disponibilidade de classe de voo. Para obter o preço final, por favor, avançe com a sua reserva.
E) O envio de documentações poderá estar sujeito à regularização prévia de saldos ou débitos existentes.
F) A inserção dos dados de passaporte é da responsabilidade da agência de viagens, declinando a Solférias qualquer responsabilidade pelos dados inseridos.
G) Devido ao "fare rebranding" da TAP, as tarifas apresentadas online poderão não incluir bagagens e alguns outros serviços. Caso pretenda obter informação sobre os serviços incluídos na tarifa reservada, por favor consulte AQUI

** Aconselhamos check-in online nos voos TAP **

Sobre o destino

  A Ilha do Faial está localizada no extremo ocidental do Grupo Central do Arquipélago dos Açores e encontra-se separada da Ilha do Pico por um estreito braço de mar conhecido por canal do Faial. Caracteriza-se pela sua origem vulcânica e pelo relevo acentuado.

    Tal como as restantes ilhas, o Faial vive muito virado para o mar. Como consequência, ao longo dos tempos, foi visitada por gentes oriundas de todo o mundo, tendo algumas delas escolhido este destino para se fixarem. Os inúmeros iates e navios conferem à ilha uma dinâmica muito especial, e as suas cores, um colorido e uma vida própria de quem vive debruçado sobre o mar. A Horta é a ilha mais visitada do Arquipélago dos Açores e uma das mais visitadas do mundo por aqueles que cruzam os mares do Atlântico Norte. 
    A inauguração do Peter Café Sport, em 1918, deu origem a uma nova realidade. Com o passar do tempo, todos os que se faziam ao mar, e ali atracavam, passaram a fazer deste ponto um local para descansar, trocar correspondência e saber as últimas novidades.
    Conhecida como a "ilha azul", devido à abundância de hortênsias que se estendem um pouco por toda a ilha, no Faial é possível praticar desportos náuticos, excursões para observação de cetáceos, praticar mergulho e fotografia subaquática, bem como fazer passeios pedestres e marítimos. Em tempos idos, a caça à baleia foi um meio fundamental de subsistência. Com o seu fim, nos anos oitenta, deu-se início à recuperação do seu património com fins culturais, surgindo o Museu dos Baleeiros, nas Lages do Pico, ou a Fábrica da Baleia de Porto Pim, no Faial, ambos de visita obrigatória.
    O Vulcão dos Capelinhos teve origem numa erupção submarina, em setembro de 1957, e esteve em atividade durante 13 meses. Findo esse tempo, surge a porção de terra mais jovem de Portugal, um verdadeiro ex libris dos Açores. Considerado extinto, hoje em dia, a visita ao Centro de Interpretação é fundamental para se compreender a história geológica da formação do Arquipélago dos Açores. 
    As belas paisagens, os mistérios das grutas vulcânicas, os belos moinhos e a tranquilidade da costa marítima. No porto da cidade da Horta, vale a pena ir ao Peter´s beber um gin ou simplesmente conhecer o que é considerado como um dos melhores bares do mundo, e onde, devido ao movimento dos barcos no porto, se trocou muita correspondência e se fizeram amizades para toda a vida.


  

    

Newsletter

Obtem as melhores ofertas no teu e-mail