Ilha da Boavista

Cabo Verde

1 ofertas em Ilha da Boavista

Sabe mais sobre Ilha da Boavista

Ficha informativa

Informação útil:

Passaporte com validade mínima obrigatória de 6 meses a contar da data de saída de Cabo Verde e Taxa de Segurança Aeroportuária (TSA). Para obtenção da TSA, os dados de passaporte terão de ser inseridos na íntegra no processo após a sua conclusão ou até 5 úteis dias antes da partida. Após esta data, a obtenção da TSA deverá ser paga à chegada ao aeroporto de Cabo Verde (valor indicativo: 31? por pessoa). 

Visto: além da TSA, é necessária a obtenção de visto com exceção das seguintes nacionalidades: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Bulgária, Canadá, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos da América, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Holanda, Polónia, Reino Unido da Grã Bretanha, República Checa, Roménia, Suécia e Suíça. Para obtenção do visto, os dados de passaporte terão de ser inseridos na íntegra no processo após a sua conclusão ou até 5 úteis dias antes da partida. Após esta data, a obtenção do visto deverá ser paga à chegada ao aeroporto de Cabo Verde (valor indicativo: 25? por pessoa). 

AVISO
A) As taxas de aeroporto e de combustível estão sujeitas a alterações até à data da partida.
B) Os quartos indicados como triplos são duplos com cama extra.
C) A hora de saída dos quartos no último dia terá de ser efetuada até às 12 horas.
D) Taxa turística (valor indicativo de 2? por pessoa e noite), aplicável a maiores de 16 anos, paga localmente nos hotéis. 
E) O check-in nos voos para Cabo Verde encerra 60 minutos antes do horário da partida.
F) Comparência no aeroporto 3 horas antes da hora do voo.
G) O envio de documentações poderá estar sujeito à regulação prévia de saldos ou débitos existentes.
H) A inserção dos dados de passaporte é da responsabilidade da agência de viagens, declinando a Solférias qualquer responsabilidade pelos dados inseridos.

Consulte e/ou imprima:
Ficha Informativa Normalizada
* Condições de Contrato de Transporte Aéreo e outros avisos importantes

Sobre o destino

  A Boavista é a terceira maior ilha do país, depois de Santiago e Santo Antão, sendo a sua maior povoação a vila de Sal Rei.

    Aqui encontrará praias que podem ser consideradas das melhores do mundo, propícias, por excelência, à prática de desportos aquáticos ou simplesmente a relaxantes dias de praia. De entre as muitas praias da Boavista, destaca-se a do Curralinho, ao sul da ilha, também conhecida por Santa Mónica, com quase 10 km de extensão, sendo a maior praia do arquipélago, oferecendo-lhe a experiência de se sentir único numa praia isolada e deserta. Na ilha das dunas e tamareiras, pode desfrutar de passeios, puro lazer, do inevitável convívio com a morna e descobrir as tradições profundamente enraizadas numa população acolhedora.
    Este é um verdadeiro paraíso para os amantes dos desportos náuticos. Kitesurf, windsurf, snorkeling, mergulho, natação, praia, pesca e pesca em alto mar são algumas das atividades desportivas que pode também praticar. Descubra as mil cores do oceano, onde a vida se manifesta de inúmeras formas. Aproveite para ver peixes muito variados, golfinhos, tartarugas e baleias. Este é ainda um dos locais escolhidos pelas tartarugas-marinhas para a sua desova.
    Pelas suas características, a Boavista é um destino bastante tranquilo, indicado para umas férias em família, onde as belas praias desertas com dunas douradas e a temperatura da água do mar se conjugam, para que nada falhe neste cenário paradisíaco.
    Sol, mar e praia constituem os maiores atrativos desta ilha, onde praias brancas e cristalinas e um oceano calmo proporcionam, a quem a visita, umas férias repousantes, longe do stress. Aqui a população vive a sua vida em paz transmitindo essa tranquilidade a quem por lá passa.
    Em Sal Rei encontra-se um interessante património arquitetónico, reflexo do tempo em que o sal era um produto de relevo no comércio internacional. Dessa época, ficaram várias casas senhoriais, como a de Benoliel de Carvalho, agora em ruínas.




 

Newsletter

Obtem as melhores ofertas no teu e-mail